Inscrição funerária de Laberia Avita

Placa ou
cipo
funerário, em calcário lioz, embutido na fachada principal da capela de São Julião. O facto da inscrição estar deitada sugere poder tratar-se de um
cipo
paralelepipédico, tipologia comum nos monumentos funerários do
ager olisiponensis
. A paginação parece seguir um eixo de simetria e os caracteres são actuários. A existir pontuação não é visível devido à camada de argamassa subsistente; contudo, as heras da última linha são elegantemente desenhadas.
A onomástica é perfeitamente latina: o
gentilício
Laberius tem outros testemunhos nesta zona litoral da
Lusitânia
; o
cognome
Avitus é o terceiro mais atestado na Península Ibérica e Avitianus contará com perto de vinte registos. Elbius constitui uma variante gráfica - até agora não documentada na Hispânia - do nomen Helvius, de que a capital da
Lusitânia
apresenta diversos testemunhos.
O facto de a filha não ter o mesmo
gentilício
do pai poderá ser indício de uma filiação ilegítima. A ausência do
praenomen
do pai, apesar de figurar em extenso na segunda linha, também poderá sugerir essa mesma condição. Contudo, se a dupla menção, por extenso, da palavra filiae poderia denotar uma incipiente romanização (de que é sintoma), tal insistência, acrescida da desnecessária e redundante presença da palavra pater, podem, antes, visar reforçar a legitimidade da filiação que a não-coincidência de gentilícios faz suspeitar. As heras presentes na fórmula final simbolizam a dor sofrida.
Considerando que, junto à capela, foram detetados vestígios que sugerem a existência de uma
necrópole
, é provável que os diversos monumentos epigráficos reutilizados no pequeno templo sejam originários do local e que este possa corresponder à zona sepulcral de uma villa rustica já identificada a poucas centenas de metros de distância.
Visitável

Tipo de inscrição

Funerária

Idioma

Latim

Técnica

Gravação

Leitura

D(iis) M(anibus) / LABERIAE MAR[CI] / FILIAE AVITE / AN(norum) XXXV / ELBIVS [sic] AVITIAN[VS] / PATER FILIAE / P(ientissimae) (hedera) F(aciendum) (hedera) Q(uravit) [sic]

Tradução

Aos deuses Manes. De Labéria Avita, filha de Marcos, de 35 anos. Élbio Avitiano, o pai, à filha modelo de piedade mandou fazer.

Localização atual

Capela de São Julião, Carvoeira e Carmões

Sugestões de Leitura

Cardoso, G.; Encarnação, J.; Luna, I. (2001) - Inscrição funerária da Serra de S. Julião (Conventus Scallabitanus). Ficheiro Epigráfico. Coimbra: Instituto de Arqueologia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. 68, nº 306.

Código de identificação

LxRomana1113011